Exercícios físicos após câncer de mama

Algumas pessoas acreditam que praticar exercícios físicos após câncer de mama é um erro. Além disso, muitas delas pensam que pode até mesmo piorar o quadro de saúde.

Mas, um estudo publicado no Journal of Cancer Survivorship revela que há diversos benefícios ao praticar exercícios físicos nessas condições.

Isso porque o sedentarismo piora o quadro da doença. Ao fazer atividade física é possível reduzir os riscos de retorno do quadro patológico.

Ressaltamos que os exercícios devem inseridos gradualmente e devem ser acompanhados por um profissional. A primeira avaliação deve ser feita por um fisioterapeuta, para que ele defina como pode progredir os exercícios.

Agora vamos entender os outros benefícios dos exercícios físicos após câncer de mama. Confira!

Benefícios de praticar exercícios físicos após câncer de mama

Praticar exercícios físicos após câncer de mama pode gerar vários benefícios. Entre os principais, estão:

  • Redução da ocorrência de dor;
  • Diminuição do inchaço do braço;
  • Ajuste postural;
  • Relaxamento dos músculos;
  • Melhora dos movimentos do ombro;
  • Diminuição de formigamentos, após anestesia;
  • Melhora da cicatrização.

Quais exercícios físicos após câncer de mama são permitidos?

O Instituto Nacional do Câncer recomenda que os primeiros movimentos sejam feitos logo após a cirurgia, mas lentamente. Isso porque o foco aqui é a retomada da mobilidade. Portanto, se exercitar após o câncer de mama pode, mas é preciso ter calma.

Entenda quais são os primeiros exercícios que pode realizar:

  • Logo após a cirurgia, pode começar o estímulo através da rotina básica: comer sozinho, escovar os dentes, lavar o rosto, pentear os cabelos e vestir-se.
  • Após a cicatrização você consegue começar a movimentar de forma mais forte o braço, pode ser que sinta desconforto inicialmente, mas é normal. Importante que não sejam exercícios repetitivos.
  • Após retirar os pontos, comece a realizar alongamentos com frequência. Além disso, atente-se para a dor, e caso sinta, realize os alongamentos somente com seu fisioterapeuta.
  • Faça automassagem linfática, ela auxilia na melhora da circulação do lado operado, buscando prevenir o edema, mas ao aparecer sintomas de calor, dor e manchas vermelhas, você deve procurar seu médico.
  • Faça os exercícios físicos após câncer de mama de forma lenta e gradual, inicialmente 20 a 30 minutos, com pausas para evitar esforço demasiado.

Exercícios cotidianos para realizar após câncer de mama

Após a retirada dos pontos o fisioterapeuta irá passar exercícios específicos. Mas além desses exercícios, você pode praticar atividades cotidianas. Além de retorno ao trabalho, caso não exija esforço braçal.

Observe as orientações:

  • Comece lavando suas roupas intimas, ou então roupas leves. Esfregue sem força e não torça;
  • Pendure as roupas no varal, sempre iniciando com as mais leves e observando o desconforto;
  • Você deve passar quantidades pequenas de roupas por dia;
  • Brincar com as crianças deitada ou então sentada;
  • Varrer pequenos cômodos da casa, sempre onde o piso for liso, isso somente após a 3ª semana;
  • Arrumar as gavetas;
  • Fazer comida, mas lembre-se de não carregar panelas com muito peso;
  • Lavar louça, sem arear as panelas;
  • Quando não tiver mais sentido dor, após a retirada dos pontos, e estiver segura, pode voltar a dirigir.

Exercícios físicos com maior gasto calórico

Outros exercícios físicos após câncer de mama que você pode realizar é atividades aeróbicas como corrida, caminhada, bicicleta e funcional.

Eles vão te ajudar a perder peso, bem como melhorar sua capacidade respiratória, reduzindo também a pressão arterial.

Existem estudos que comprovam, que a prática regular dessas atividades físicas é capaz de reduzir os riscos de o paciente desenvolver outros tipos de câncer.

Contudo, é muito importante que você avalie com seu médico a possibilidade de realizar essas atividades físicas.

Orientações importantes

Ao praticar exercícios físicos após câncer de mama é importante que o paciente tome alguns cuidados como:

  • Evitar levantar o braço acima do ombro;
  • Evitar movimentos repetitivos;
  • Não faça atividades com pesos excessivos, respeite sua capacidade;
  • Mantenha o braço do lado operado apoiado no travesseiro, assim ele vai ficar mais alto que o ombro;
  • Ao sentar-se na cama sempre se vire para o lado que não foi operado;
  • Ao caminhar, tente deixar os braços livres, estimulando movimentos naturais.

Ficou com alguma dúvida? Então aproveite para deixar seu comentário abaixo!

Gostou desse texto? Para outros conteúdos relevantes acesse aqui!