Doença de paget: O que é, sintomas, saiba mais!!!

A doença de paget se apresenta através do impedimento de troca de tecido ósseo. Geralmente acaba acontecendo mais na região pélvica, crânio, coluna e nas pernas.

Esta é uma doença que pode ser assintomática, ou seja, sem apresentar sintomas por um longo período. Mas, quando aparece os sintomas, eles estão relacionados a deformidade óssea, quebradura de ossos e frequentes dores na área.

Vale ressaltar que a doença de paget está intimamente ligada com o câncer de mama. Então pacientes que têm ou já tiveram o câncer mamário, devem estar atentos. Vamos conhecer melhor a doença de paget.

Qual a relação do câncer de mama e doença de paget?

Há uma forte tendência de associação entre o câncer de mama e a doença de paget. Isso porque estudiosos referem uma grande chance de migração de células cancerosas da mama, para o mamilo e aréola, através dos ductos mamários.

Sintomas da doença de paget

Você que tem ou já teve câncer de mama deve estar atento a esses sintomas:

  • Aréola e mamilo muito vermelhos;
  • Muita coceira na região mamária;
  • Pele espessa da aréola e mamilo;
  • Pele descamando na região;
  • Queimação na região;
  • Pode ocorrer sangramentos do mamilo.

Fatores de risco da doença

Os fatores de risco para a doença de paget, estão relacionados ao sexo e a idade. No geral, essa doença acomete mais pessoas do sexo feminino e com idade superior a 60 anos.

Diagnóstico da doença de paget

O diagnóstico é feito através de um exame clínico feito pelo médico. Após a identificação, o médico solicita a biópsia com a intenção de comprovar se existe células de paget.

O médico também pode utilizar a mamografia, a ressonância e a ultrassonografia como formas de confirmar o diagnóstico.

Estadiamento da doença

O estadiamento é a classificação da abrangência do tumor, na doença de Paget, existem 4 estágios:

  • 0: existe lesão apenas na camada externa da pele, ainda não há carcinoma;
  • 1: presença de carcinoma na parte de baixo do mamilo;
  • 2: aqui já existe extensão do carcinoma;
  • 3: nesse estágio o carcinoma atingiu o ducto invasivo, estágio mais grave da doença.

Tratamento da doença

A extensão e estágio do tumor é que irão definir o tratamento para a doença de Paget, porém no geral é utilizado a cirurgia.

Quando há pouco alastramento da doença se indica uma cirurgia quadrantectomia, que é a retirada de uma parte da mama, mas é necessário complementar com radioterapia.

Também pode ser feita a mastectomia, que é a retirada total da mama, mas somente é indicada quando o paciente já está em um estágio avançado da doença, ou grande parte do tecido está comprometido.

Pode ser indicada, também, quando o paciente já passou por radioterapia na região, anteriormente, ou pacientes que se negam a realizar a rádio.

Pacientes que tem gânglios linfáticos na região das axilas, também precisam remover de forma cirúrgica, onde o cirurgião poderá fazer o esvaziamento do gânglio ou a linfadenectomia axilar. Ou seja, que consiste na retirada de mais de um gânglio.

Portanto, agora que você já entendeu o que é a doença de paget e sua associação com o câncer de mama, assim como fatores de riscos. É importante ficar atento aos sintomas e manter avaliação frequente.

Gostou desse texto? Para outros conteúdos relevantes acesse aqui!